Seguro Desemprego: Regras e valores do benefício 2020

O programa de Seguro Desemprego tem por finalidade, prover assistência temporária ao trabalhador desempregado, em virtude de dispensa sem justa causa, inclusive à indireta, e ao trabalhador devidamente comprovado resgatado em regime de trabalho forçado ou da condição análoga a  de escravo e também auxiliar os trabalhadores na busca ou preservação do emprego, promovendo para tanto , ações integradas de orientação, recolocação e qualificação profissional.

Siga abaixo quais são as condições e direitos para recebimento deste auxílio do governo.

Foi demitido e quer saber informações? Segue abaixo:
Reunimos todas orientações nesse artigo para facilitar seu acesso a informação burocrática, de todo trâmite necessário para aquisição deste benefício.

Requisitos:
✓ Comprove ter recebido salários de pessoa jurídica ou de pessoa física, a ela equiparada.

✓ Não estar recebendo benefícios previdenciários, exceto pensão por morte e auxílio acidente.

✓ Não possuir renda própria de qualquer natureza, suficiente a sua manutenção e da sua família.

Para adquirir dependerá da quantidade de vezes em que você já solicitou o seguro desemprego, dependendo do período de meses trabalhados, mesmo que não consecutivos.

Quando posso pegar um novo seguro desemprego?
A partir da data da última dispensa que habilitar o trabalhador a receber o Seguro

Desemprego, devem-se contar 16 meses que que compõem o período aquisitivo.

Relação de documentos que deve ser apresentada:
✓ Requerimento Seguro Desemprego emitido pelo empregador web;

✓ CTPS . (Carteira de Trabalho e Previdência Social) *

✓ TRCT (Termo de rescisão Contrato de Trabalho)

✓ RG, CNH ou Certidão Nascimento.

✓ 3 últimos contracheques anteriores a rescisão.

✓ Extrato de fgts comprovando os últimos depósitos.

✓ Comprovante de residência;

Importante: Se sua empresa já utiliza CTPS Digital, informar no local aonde fará o requerimento o procedimento que será adotado, pois as informações podem ser extraídas para pdf dos vínculos comprobatórios ou se já serão verificadas via sistema pelo cpf.

Número de parcelas: Mínimo 3 e Máximo 5, que variam dependendo da quantidade de

solicitação. Veja abaixo:

✓ O valor do benefício não poderá ser inferior ao salário mínimo.

✓ Valor da parcela – Média dos últimos 3 meses anteriores à dispensa.

Lembrando que a partir 03/2020 haverá a incidência de INSS, para contar para aposentaria o período de recebimento.

TABELA PARA CÁLCULO DO BENEFÍCIO SEGURO-DESEMPREGO /2020
Com a tabela acima, percebemos que fica como teto o valor de R$ 1813,03 , o valor máximo de parcela pago a título de seguro desemprego.

Prazos para requerer o benefício:

  • Trabalhador formal- do 7º ao 120º dia, contados da data da dispensa;
  • Trabalhador resgatado – até o 90º dia a contar da data do resgate;
  • Empregado Doméstico -do 7º ao 90º dia, contados da data da dispensa;

Se cumpre todas as condições, você poderá fazer a solicitação do seu seguro desemprego mediante agendamento.

Para fazer o agendamento é muito simples, hoje o cidadão desempregado pode fazer via internet , via site http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam

Com informações Clique Diário | 24/02/2020.

Parceiros / Clientes

site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Capital Cobranças  |  Rua General Liberato Bitencourt, 1885 – Sala 501 - Bairro Estreito
Florianópolis, SC - Fone 048. 3027 6600